Renato Duque prepara cronologia para desmentir versão de Lula

Jackson Nogueira

O ex-diretor da Petrobras Renato Duque apresentou dois anexos de sua delação premiada envolvendo Lula com o objetivo de desmentir versão apresentada pelo ex-presidente a Moro sobre os encontros com o empresário

No último dia 5, Duque afirmou que Lula “tinha pleno conhecimento de tudo, tinha o comando” do esquema de corrupção instalado na estatal petrolífera. No entanto, o petista considera que o depoimento de Renato Duque é mais uma tentativa de fabricar acusações contra ele.

De acordo com a coluna da Andréia Sadi, um dos arquivos entregues por Duque detalha esquemas envolvendo propinas relacionadas a Sete Brasil.

O ex-diretor afirma que a propina da empresa, envolvida com contratos para a construção de navios-sonda, teria abastecido contas do PT, de José Dirceu e de Lula.

Outro anexo da delação narra um encontro com Lula, ocorrido em 2014, no hangar do aeroporto de São Paulo. O ex-presidente confirmou o encontro, alegando que seria para perguntar sobre contas no exterior do ex-diretor da estatal.

Ainda de acordo com o blog, essa versão do petista será confrontada, pois até a data da reunião, não havia notícias sobre contas de Duque no exterior.

Comentários