Reinaldo discute com técnicos de entidade conjuntura econômica de MS

Uma comissão de dirigentes de entidades públicas ligados a área da agricultura familiar foi recebida ontem pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em seu gabinete.

A visita de cortesia feita ao chefe do Executivo de Mato Grosso do Sul teve a finalidade de apresentar os trabalhos executados pela Asbraer (Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural ), juntamente com a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), órgão ligado a Sepaf (Secretaria Estadual de Produção e Agricultura Familiar).

Reinaldo discute com técnicos de entidade conjuntura econômica de MS
Reinaldo discute com técnicos de entidade conjuntura econômica de MS

Durante o encontro foram pautados também assuntos ligados a 25ª Assembleia Nacional da Asbraer e ao seminário, eventos esses realizados nos dias 11 e 12 de junho, na Capital. Essa foi a primeira vez que o Estado sediou os encontros.

Para o presidente da Asbraer, Argileu Martins, a recepção do governador foi de suma importância. “Conversamos sobre a conjuntura econômica do MS e do Brasil no âmbito que envolve a Agricultura Familiar. Quisemos enfatizar ao governo a relevância de investir nesse setor, visto que a cada R$ 1,00 aplicado nesse segmento a sociedade tem um retorno estimado de R$ 5,50”, afirmou o presidente da Asbraer.

A devolutiva dos investimentos no campo, segundo Argileu, se dá através da redução de importação de alimentos e, consequentemente, na queda de pagamentos de impostos para outros estados. O resultado é a melhoria na renda das famílias rurais e a dinamização da economia local.

“A organização através da assistência técnica já existe com ferramentas como crédito rural e programas como o PNAI [Programa Nacional de Alimentação Escolar] e PAA [Programa de Aquisição de Alimentos]. A parceria contínua do governo estadual só vem para somar com o que já existe, fortalecendo o desenvolvimento rural sustentável”, detalhou.

Após a reunião, o diretor-presidente da Agraer, Enelvo Felini, ressaltou o compromisso de Reinaldo Azambuja em cumprir as metas de plano de governo em benefício ao homem do campo. “O governador tem se mostrado disposto a apoiar os trabalhos da Agência para diminuir o índice de importação de produtos. Hoje 85% dos alimentos que chegam à população sul-mato-grossense é fruto da importação. Nossa missão é reverter esse quadro ao longo desta gestão”, garantiu Felini.

Além do presidente da Asbraer e do diretor-presidente da Agraer, participaram da reunião o presidente da Frente Parlamentar da Ater, Zé Silva, os secretários estaduais de Saúde e da Casa Civil, Nelson Tavares e Sérgio de Paula, respectivamente.

Comentários

comentários