Reinaldo defende em reunião do Condel juros menores nos créditos do FCO

O governador Reinaldo Azambuja cumpre agenda em Brasília nesta quarta-feira (7), onde participa às 10h da 6ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco).  Na ocasião, Reinaldo vai reiterar a importância das linhas de crédito para dar suporte à política de indução do desenvolvimento, que tem no setor rural e comércio suas principais atividades econômicas, e a necessidade de ajustes nas regras do fundo, principalmente  a revisão das taxas de juros.

De acordo com o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, o Governo do Estado vem trabalhando na aprovação de alterações importantes nas regras do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) para estimular o setor empresarial.

Entre as mudanças estão a ampliação dos recursos do Fundo destinados ao Estado, a revisão para baixo das taxas de juros do FCO, a possibilidade de financiamento de projetos para a retenção de matrizes suínas, a desvinculação de insumos e estoque nos empréstimos de capital de giro e extensão dessa modalidade para grandes empresas, entre outras.

Todas essas reivindicações foram apresentadas pelo secretário Jaime Verruck na 7ª Reunião Ordinária do Comitê Técnico do Conselho Deliberativo Centro-Oeste, realizada no último dia 28 de novembro em Brasília e agora serão levadas pelo governador para aprovação emreunião na capital federal. O Condel é órgão de administração colegiada, instituído como instância de deliberação superior da Sudeco e de natureza permanente.

Comentários