Recém-nascida é encontrada em estrada com formigas pelo rosto

Uma menina recém-nascida de apenas 15 dias de vida foi abandonada numa estrada da aldeia Bororó, na Reserva Indígena de Dourados por volta das 16h de quinta-feira (28). Segundo o Conselho Tutelar, populares teriam visto quando o pai que estaria visivelmente alcoolizado deixou a criança no local.

30recem

O bebê estaria enrolado num pano, mas o rosto ficado coberto por formigas. Pessoas da comunidade teriam visto a menina, recolhido e levado para um posto de saúde da aldeia. Deste local, ela foi encaminhada para o Hospital da Missão, onde não corre risco de morte, mas permanece em observação.

A equipe de saúde ainda acionou o Conselho Tutelar que registrou um boletim de ocorrência nesta sexta-feira (29), como abandono de incapaz. “Os casos de abandono volta e meia acontecem na cidade, mas deixar um recém-nascido assim na estrada, não é comum”, explica a conselheira tutelar, Maria de Lourdes da Silva Paiva.

Segundo o órgão, a suspeita é de que além de abandonar a criança, o pai também tenha espancado a mãe dela. Ele teria ido para casa e agredido a mulher durante a madrugada. Isso foi descoberto depois que a mãe, com sinais de espancamento, também foi internada no Hospital da Missão nesta sexta-feira, onde permanece em atendimento.

Após o registro da ocorrência, a Polícia Civil vai investigar as circunstâncias do crime.

Comentários

comentários