Real Madrid tenta volta imediata de Zidane após vexame na Champions

Gazeta Esportiva.com

Zidane não treinou nenhum clube desde que deixou o Real Madrid (Foto: AFP)

A eliminação vexatória para o Ajax em pleno Santiago Bernabéu nas oitavas de final da Liga dos Campeões instaurou, de uma vez por todas, a crise no Real Madrid. E na tentativa de iniciar um processo de reestruturação já tendo em vista a próxima temporada, o clube, na voz do presidente Florentino Pérez, quer não apenas uma mudança no comando técnico e a saída de Santiago Solari, mas o retorno de Zinédine Zidane.

De acordo com o canal La Sexta, o mandatário merengue contatou o ídolo e ex-treinador do Real a fim de articular um retorno. E para tentar convencer Zidane, Florentino decidiu dar plenos poderes e cheque em branco para que o francês faça a reformulação que pretendia antes de anunciar sua saída do Madrid após o terceiro título consecutivo da Champions.

Na mesma linha, o programa El Chiringuito publicou que Zidane recusou o retorno imediato, mas não descartou voltar no fim da temporada após um ano sabático. O acerto, porém, está relacionado justamente a liberdade para montar o elenco dentro das suas convicções, o que deve incluir a saída de algumas peças importantes do elenco, entre elas o atacante Gareth Bale.

O ex-treinador merengue, no entanto, não é a única alternativa da diretoria do Real Madrid, que trabalha com outros nomes. Jurgen Klopp, Mauricio Pochettino e José Mourinho, o único dos cotados sem clube atualmente, são especulados. O português, aliás, chegou a confirmar que não vê problemas em voltar ao clube espanhol para uma segunda passagem.

Comentários