Rapaz é morto e tio baleado após perseguição por dupla em moto

Da Redação/JN

Leandro Campos da Costa, de 24 anos foi morto e o tio dele, identificado cmo Erasmo de 37, foram baleados por dois homens em uma motocicleta, na noite de segunda-feira (24), em Aquidauana, a 131 quilômetros de Campo Grande. A esposa do jovem viu tudo e quase foi atingida pelos tiros.

Polícia acompanha situação no local dos disparos. Foto: Luiz Guido

Segundo informações do boletim de ocorrência, os três estavam em um carro e perceberam que eram seguidos por uma dupla em moto. A vítima mais velha era passageira do veículo e falou para o sobrinho, que dirigia, ir mais rápido e parar onde houvesse gente.

O jovem parou em frente a uma lanchonete e um dos ocupantes da moto desceu e foi em direção ao tio dele, que saiu do veículo correndo e foi atingido por um tiro. O rapaz saiu do carro para ajudar o tio e acabou baleado e morreu em um dos cômodos do comércio.

A esposa do rapaz contou à polícia que o atirador pediu para ela não sair do carro, mas ela desobedeceu e ele então atirou. Os quatro tiros disparados em direção à ela acertaram o automóvel.

Após os tiros, a dupla fugiu e o homem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros. O hospital disse aos policiais que ele foi atingido no abdômen, fez cirurgia e não corre risco de morrer.

Consta no registro da ocorrência que o sobrevivente relatou aos bombeiros que um dos suspeitos é policial militar, porém, não sabe o nome dele.

Os tiros atingiram ainda a parede da lanchonete, cujo dono contou à polícia que as vítimas chegaram de carro no local e em seguida houve os disparos.

O caso foi registrado como homícidio em concurso de pessoas e tentativa de homicídio qualificado pelo motivo fútil.

Comentários

comentários