Queda de avião em plantação de milho matou produtor rural gaúcho

Valquírio Baseggio e Rubens Borgo são as vítimas fatais do acidente aéreo em uma região de milharal com difícil acesso entre São Gabriel do Oeste e Bandeirantes, ocorrido na manhã desta quinta-feira, dia 13 de maio. Segundo informações, Valquírio, natural da cidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul e Rubens, de Tapejara, também no estado Gaúcho, são tio e sobrinho.

O avião até então estava desaparecido, após decolar de São Gabriel do Oeste com destino a Passo Fundo, no Rio Grande do Sul e foi encontrado após cair em um milharal entre São Gabriel do Oeste e Bandeirantes.

A aeronave matrícula PU-VVB, de pequeno porte, modelo RV-9, foi encontrada por equipe do Esquadrão Pelicano da FAB (Força Aérea Brasileira) e do Corpo de Bombeiros de Coxim. Os corpos já foram retirados do local e levados ao IML (Instituto Médico Legal), de Coxim. A aeronave irá passar por perícia e será removida nesta sexta-feira (14).

Ainda de acordo com informações, o voo seria realizado em quatro horas e a aeronave tinha autonomia para cinco horas. Por não chegar ao destino, foi acionado o Salvaero (Serviço de Busca e Salvamento) da FAB (Força Aérea Brasileira). Valquírio e Rubens foram encontrados mortos no momento em que as equipes de salvamento, chegaram ao local do acidente.

O piloto Valquírio Bassegio, popular “Mané”, era muito conhecido na região, como produtor rural em Coxilha, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, publicou o site gaúcho, O Nacional. Bassegio também era presidente do Clube de Tiro e Caça de Passo Fundo, além de destacado colecionador de veículos antigos.

Equipe da Dracco (Departamento de Repressão a Corrupção e ao Crime Organizado), comandada pela delegada Ana Cláudia Medina também foram ao local.