Quatro vereadores abrem sigilo bancário e fiscal

O advogado Rodrigo Dalpiaz, que representa os vereadores, Waldecy Batista Nunes (PP), o Chocolate, Carlão (PSB), Alceu Bueno e Wanderlei Cabeludo (PMDB), foi até a sede do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), nesta manhã (11) levar documentos que autorizam a quebra dos sigilos fiscal e bancário dos seus clientes “Para afastar qualquer suspeita sobre o que esteja sendo imputada aos vereadores”, diz.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

Segundo ele, os doumentos não foram requisitados, “resolvemos nos antecipar, a Justiça num próximo movimento poderia requisitar, mas como meus clientes não tem nada a temer e estão colaborando vim aqui hoje”, afirmou,

Segundo informações do Gaeco, na semana que vem não devem ser realizadas as esperadas oitivas de Gilmar Olarte e da secretária do empreiteiro João Amorim, Elza Cristina Araújo Santos Amaral, que na semana passada apresentou atestado médico e não foi depor no Gaeco.

A próxima semana será usada pelo Gaeco para analisar o que já foi apurado, razão pela qual não estão previstas novas oitivas nesse período.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários