Quadrilha especializada em tráfico de drogas e furto de caixas eletrônicos é presa na Capital

Fernando Ferrari Neto (32), Manoel Aparecido Costa Magalhães (36), Patrick Januário de Souza (28), André Atílio de Castro Ribeiro (33) e Diogo Vasconcelos Cândido (20), foram presos na tarde de ontem por volta das 18 horas, na Capital, por tráfico de drogas. A prisão ocorreu depois de um mês de investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar).

20150414_153907
Da esquerda para a direita, Fernando Ferrari Neto (32), Manoel Aparecido Costa Magalhães (36), Patrick Januário de Souza (28), André Atílio de Castro Ribeiro (33) e Diogo Vasconcelos Cândido (30) Foto Luana Campos

As buscas começaram depois de denúncias anônimas onde a polícia identificou Fernando como o fornecedor do entorpecente. Na casa dele, na região do Indubrasil, a polícia apreendeu R$ 4.2 mil e 317 kg de maconha.

Na casa de Fernando foram apreendidas 317 Kg de maconha
Na casa de Fernando foram apreendidas 317 Kg de maconha Foto Luana Campos

A polícia surpreendeu Manoel, Patrick, André e Diogo hospedados em um hotel na Vila Carvalho com uma máquina de pescar envelopes de caixas eletrônicos e uma porção de maconha fornecida por Fernando para ser experimentada e posteriormente revendida. Segundo o delegado da Denar, João Paulo Sartori, os acusados André e Diogo levariam 20 kg de maconha, dividida em duas malas, para São Bernardo do Campo (SP). O delgado informou ainda que a dupla praticava os roubos para conseguir o dinheiro necessário para a compra da droga.

Máquina que seria utilizada para "pescar" envelopes em caixas eletrônicos
Máquina que seria utilizada para “pescar” envelopes em caixas eletrônicos Foto Luana Campos

De acordo com Sartori, os alvos da quadrilha seriam as agências dos bancos Bradesco e HSBC. O delegado diz que não é possível dizer se o bando chegou a realizar algum furto no Estado, situação que será investigada pelo Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão de Assaltos e Sequestros), bem como a participação de outras pessoas no “esquema”.

Com o bando, além da droga e do dinheiro,a policia apreendeu dois veículos,um Honda Fit que seria utilizados para levar a maconha para São Paulo.e uma Pick up Corsa que pertencia a Manoel. Ele levaria parte da droga até Várzea Grande, no Mato Grosso.

Os cinco homens tem passagem pela polícia por crimes como roubo, tráfico, estelionato, porte de arma e receptação.

Luana Campos

 

Comentários

comentários