Puccinelli rompe o silêncio e comenta sobre operação da Polícia Federal no Facebook

O ex-governador André Puccinelli (PMDB) informou via Facebook, que não teve acesso ao inquérito nem foi notificado.

Puccinelli disse ainda que todas as compras e contratações de serviços no governo dele foram feitas com base na lei e com orientação jurídica. A postagem feita na noite desta quinta-feira (23), já tem mais de oitenta comentários e vinte e compartilhamentos.

O ex-chefe do Executivo estadual afirmou que está à disposição da Justiça para esclarecimentos e se dispôs a autorizar a quebra dos sigilos bancário, fiscal e patrimonial dele. Concluiu a nota dizendo que a Justiça entendeu que não há indícios de crime envolvendo o nome dele.

Foto Rperodução
Foto Rperodução

LEI A NOTA:

A respeito de notícias envolvendo meu nome em investigações em curso, tenho a esclarecer neste momento que:

1 – Não tive acesso ao Inquérito Judicial e não fui notificado para me manifestar, por isso, até agora, não tenho conhecimento de quaisquer dos fatos alegados;

2 – Todas as decisões referentes a compras e contratação de serviços de meu governo foram tomadas com base na Lei e mediante orientação jurídica pertinente, pelas Secretarias de Estado, em suas respectivas áreas;

3 – Sempre estive e continuo à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos, inclusive disponibilizando meus sigilos bancário, fiscal e patrimonial, até porque, como bem afirmado pelo magistrado não há indícios de materialidade que envolvam meu nome.

Comentários

comentários