PT pede apreensão de cartazes de “procurados”

Cartazes espalhados por São Paulo provocaram mal-estar entre os membros do PT (Partido dos Trabalhadores). Os anúncios trazem fotos de Dilma Rousseff, Lula e ou petistas, apontando os políticos da legenda como “procurados”. O diretório estadual do partido anunciou que recorrerá à Justiça para pedir a apreensão dos cartazes.

Petistas foram apontados como "procurados" em cartazes Foto: Rosemary Silva de Melo / vc repórter
Petistas foram apontados como “procurados” em cartazes Foto: Rosemary Silva de Melo / vc repórter

Em nota publicada na última quinta-feira (7), o PT-SP afirmou que os cartazes em questão foram afixados em postes e paredes da região central da capital e de algumas cidades do interior do Estado. Fotos tiradas pela leitora Rosemary Silva de Melo, nesta sexta-feira, mostram anúncios colados em diversos pontos da avenida Lins de Vasconcelos, na região do Cambuci.

O partido classificou os cartazes como “apócrifos e criminosos”, apontando uma “evidente motivação de causar danos e constrangimentos à imagem do PT e de seus representantes”.

A legenda informou ainda que pedirá a instauração de uma investigação policial para identificar os responsáveis pelo patrocínio e distribuição dos anúncios. “O PT-SP repudia expedientes deste tipo, covardes e fascistas”, disse o diretório estadual.

TERRA

Comentários

comentários