PSDB elege diretório que irá escolher candidato a prefeito da capital

De olho no confronto com o PMDB do ex-governador André Puccinelli, o PSDB mudou o comando do diretório municipal de Campo Grande, elegendo durante convenção os membros que vão cuidar do destino do grupo político nos próximos dois anos.

Marcio Monteiro, Lívio Viana e Carlos Alberto durante eleição da nova executiva em Campo Grande Foto: Marycleide Vasques/Assessoria
Marcio Monteiro, Lívio Viana e Carlos Alberto durante eleição da nova executiva em Campo Grande Foto: Marycleide Vasques/Assessoria

Durante o ato político, ocorrido neste domingo na sede do partido, o médico Lívio Viana de Oliveira foi eleito presidente da executiva municipal, substituindo Carlos Alberto Assis.
“Além de ser um bom quadro, faz parte da vida do partido, foi candidato a vereador e é um dos suplentes na Câmara, atestou o antecessor, lembrando ainda que correligionário teve papel importante na coordenação da campanha vitoriosa de Reinaldo Azambuja ao governo do Estado.

Apesar de dar início as articulações políticas com vistas à sucessão do prefeito Gilmar Olarte (PP), as principais lideranças do partido foram cautelosos em seus discursos em torno do nome tucano que irá concorrer ao cargo.

O nome da vice-governadora Professora Rose chegou a ser lembrado por alguns convencionais, mas até a eventual pré-candidata usou da cautela, preferindo dizer que o PSDB ainda está focado na administração de Reinaldo Azambuja.

“Fica natural que a Rose apareça como principal nome, apontada inclusive pelo nosso governador, mas o PSDB está preparado para o que der e vier, a discussão sobre este assunto ainda não começou, até porque tem a reforma política”, colocou Assis.

A vice-governadora agradeceu a manifestação de apoio dos convencionais e deixou claro seu desejo de ir para o confronto em 2016, lembrando que já foi vereadora por dois mandatos em Campo Grande e agora exerce função importante no governo estadual, onde atual na Secretaria de Assistência Social.

Aclamado por meio de chapa única, o novo presidente municipal também desconversou dizendo que o partido ainda não está focado nas eleições municipais do ano que vem.

Segundo Lívio, por enquanto, o PSDB tem dedicação exclusiva ao governo de Reinaldo Azambuja e de dar início as discussões em torno do processo sucessório a partir de setembro do ano que vem.

Apesar disso, o dirigente lembrou que o nome de Rose Modesto “seria bem aceito” como alternativa do partido à sucessão municipal.

Comentários

comentários