PSB e PPS em vias de fusão

PPS e PSB em vias de fusão
PPS e PSB em vias de fusão

Dois partidos que carregam em seu nome a bandeira socialista devem confirmar sua fusão nos próximos dias. PPS e PSB estiveram lado a lado nas candidaturas de Eduardo Campos e, logo depois, Marina Silva para a Presidência da República no ano passado.

As siglas também participaram do movimento que lançou o nome de José Ivo Sartori, do PMDB, ao governo gaúcho.

O presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro, Beto Albuquerque, fala que a decisão nacional reforça a necessidade de uma reforma política e também resulta em fortalecimento dos movimentos.

Com a fusão, a bancada socialista terá um incremento na Assembleia Legislativa no quesito unidade partidária, assim como no número de prefeituras.

Uma das possibilidades levantadas diante da fusão de PSB e PPS é a candidatura própria para a Prefeitura de Porto Alegre.

Um dos considerados grandes nomes é o de Beto Albuquerque, que deixou de concorrer ao Senado em 2014 para ocupar a vaga de vice na chapa de Marina Silva, após a morte de Eduardo Campos. No entanto, presidente estadual do PSB acredita que é cedo demais para tratar de uma cogitação dessas.

Nesta quarta-feira, em Brasília, as duas siglas farão convenções separadas pela manhã. No turno da tarde, a junção deverá ser oficializada.

BAND

Comentários

comentários