Prova do Enem foi vazada antes mesmo do exame começar, diz delegada da PF

Um candidato, de 34 anos, que fazia a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) neste domingo (6) em Fortaleza, no Ceará, foi preso em flagrante por estar com ponto eletrônico e com o texto da redação pronto para ser transcrito. Segundo Fernanda Coutinho, delegada da Polícia Federal e coordenadora regional de segurança do Enem no Ceará, é certo afirmar que ele já tinha tido acesso ao gabarito da prova e ao tema da redação antes mesmo do início das provas.

“Ele entrou no local de prova com o rascunho da redação feita no bolso da calça e com o ponto eletrônico. Por volta das 11h, 11h30, ele recebeu uma mensagem no celular com o gabarito da prova”, explicou Coutinho, conforme o UOL.

De acordo com a delegada, o setor de inteligência da Polícia Federal já tinha conhecimento de que o candidato tentaria fraudar o exame. Por isso, alguns policiais foram encaminhados para o local.

“O coordenador de provas pediu para que ele se retirasse da sala. Passaram o detector de metais nele e, ao identificar a existência do ponto eletrônico, os policiais deram voz de prisão. Mas a gente fez tudo de forma discreta, para que os demais candidatos não se desconcentrassem”, disse.O homem foi encaminhado à sede da Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará e informou em depoimento que era Secretário de Saúde de um município cearense. Ele deve responder pelos crimes contra a fé pública, o patrimônio, a paz pública, dentre outros crimes, informou a PF.

Comentários

comentários