Prouni: Inscrições para a edição do segundo semestre se encerram nesta sexta-feira

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Os candidatos a bolsas de estudos em instituições particulares de educação superior têm prazo até as 23h59 desta sexta-feira (10), para fazer a inscrição no segundo processo seletivo deste ano do Programa Universidade para Todos (ProUni). Até as 18h de quinta-feira, 9, foram registradas 921.103 inscrições de 477.552 candidatos — cada estudante pode fazer até duas opções de curso.

Estudante do último semestre do curso de direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, José Genésio da Rocha Júnior, 25 anos, é um entusiasta do ProUni. Para ele, que conseguiu subsídio de 100%, a iniciativa do governo federal “tem extrema importância” em sua vida e na de sua família.

Após tentar o vestibular para universidades públicas algumas vezes, Rocha Júnior chegou a fazer por um ano um curso técnico no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, estado onde nasceu e morou até 2010. Mas ele queria ser advogado. Resolveu tentar a bolsa do ProUni e iniciou o curso dos sonhos em 2011. “Com o programa, tive a oportunidade de estudar com bolsa integral em um dos melhores cursos de direito do país”, afirma.

O estudante avalia o programa como uma importante ferramenta de acesso à educação superior que os jovens de baixa renda e oriundos do ensino público têm atualmente para cursar uma faculdade. “Consequentemente, temos a chance de melhorar de vida e de obter uma profissão”, diz. O ProUni, segundo Rocha Júnior, é uma forma de reduzir a desigualdade social no país por meio da educação.

O estudante Rocha Júnior faz curso de direito pelo ProUni: “Com o programa, tive a oportunidade de estudar com bolsa integral em um dos melhores cursos de direito do país” (foto: arquivo pessoal) Oferta — Para a edição deste segundo semestre, foram oferecidas 125.442 bolsas, cerca de nove mil a mais em relação ao mesmo período de 2015. Desse total, 68.350 são parciais e 57.092, integrais. No primeiro caso, o governo federal cobre 50% do valor da mensalidade.

As vagas estão distribuídas em 22.967 cursos de 901 instituições particulares de educação superior. Administração (12,5 mil bolsas), direito (8.561) e pedagogia (7.139) são os cursos com maior oferta. Os da área de engenharia somam 14.410.

Para participar do ProUni, o candidato deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015, ter obtido média de 450 pontos nas provas objetivas e não ter tirado zero na de redação. Ao se inscrever, deve indicar o número de inscrição e a senha usados no Enem, além do Cadastro de Pessoa Física (CPF). O candidato pode fazer duas opções de curso e de instituição.

Após o período de inscrições, serão feitas duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado no dia 13 próximo; o da segunda, no dia 27. Os selecionados devem comprovar os dados e providenciar a matrícula do dia 13 até o dia 20, no caso da primeira chamada, e de 27 de junho a 1º de julho, na posterior.

Comentários

comentários