Projeto”Sons do Museu” recebe semi final de concurso do Festival Internacional de Violões

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Alunos da Escola Estadual 11 de Outubro tiveram uma manhã marcada pelas sensações e emoções que a música clássica proporciona. O projeto “Sons do Museu” aconteceu no auditório do Museu da Imagem e do Som (MIS) e recebeu a semi final do primeiro concurso de violão clássico que faz parte  da programação do III Festival Internacional de Violões que acontece de três a oito deste mês com uma programação intensa em vários locais da cidade.

Para o professor Pieter Rahmeier a presença dos alunos é de extrema importância na medida em que oferece um mundo diferente do que os alunos estão acostumados, “o que eles vão ouvir aqui, talvez nunca tiveram contato e hoje vão ver aqui um espetáculo de primeira qualidade”.  Já a inspetora Cleide Vasques que acompanhava os alunos também falou que o contato com a música clássica é uma forma de valorizá-la, “ao verem ao vivo isso pode tocá-los”, ressaltou Vasques.

Participaram do concurso Evandro Dotto de São Gabriel do Oeste, Renan Machado do Maranhão, Werner Humberto de Presidente Prudente, Laís Domingues de Campo Grande e Jorge Luis de Oliveira de Goiás, que apresentaram peças dos Brasileiros Garoto e Villa Lobos, também de Mario CastelNuovo-Tedesco, dentre outros nomes consagrados da música clássica. Os professores, o americano Adam Levin e o argentino Marcos Pablo Dalmacio foram os jurados do concurso.

Para o maranhense Renan Machado não foi muito difícil tocar para uma plateia de alunos, já que ele disse ter uma certa experiência, mas que está gostando muito de participar não só do Festival, mas de também conhecer um pouco da cultura da cidade, já que é a primeira vez que vem a Campo Grande. Quanto ao projeto “Sons do Museu” achou de grande relevância para a disseminação da música, “acho incrível, pois é através de projetos como esse que se fortalece a música clássica bem como forma público, daí estar crescendo o movimento da música clássica no Brasil”, destaca.

20161007_110140
O estudantes Marcelo Henrique e Gabriel Abade ficaram impressionados e tocados com o que ouviram. Foto: André Messias

O estudante Marcelo Henrique, 13 anos, do 8º ano, falou que sempre quis participar  como instrumentista de um concerto de música clássica, mas ao ver a performance solo dos músicos, ficou impressionado, “achei até mais tocante que uma orquestra”, pontuou Henrique.  Já o estudante  do primeiro ano do Ensino Médio Gabriel Abade, de 14 anos, ficou tocado com o que viu e ouviu, “é algo que toca interiormente, de uma delicadeza intensa, e ainda tem o poder da sensibilização, você consegue transmitir conhecimento através dos sons, a música clássica cativa”, diz entusiasmado.

A final do Concurso será realizada amanhã  às 9h30 no auditório do MIS (Museu da Imagem e do Som). A programação completa do festival é encontrada no Facebook : https://www.facebook.com/III-Festival-de-Viol%C3%A3o-em-Campo-Grande-280300482361119/?fref=ts

Projeto Sons do Museu

Levar conhecimento sobre o universo da música aos estudantes é a proposta do projeto “Os Sons do Museu”, realizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul por meio do Museu da Imagem e do Som, em parceira com o curso de música da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Os encontros entre acadêmicos, professores e estudantes são realizados na primeira sexta-feira do mês.

Comentários

comentários