Projetos para área da Saúde foram aprovados hoje na Câmara

camara (1)A sessão da Câmara de vereadores de Campo Grande, como vem acontecendo e mesmo o Página Brazil já até noticiou acordo, ocorreu com mais rapidez e se encerrou com uma hora de plenário aos parlamentares, que conseguiram aprovar as cinco matérias que estavam na pauta para hoje (15). Todos os PLs (Projetos de Lei) que estavam na lista eram relacionados a Saúde Pública, como noticiamos mais cedo, foram aprovadas e a partir de agora fica disponibilizado como Lei a instituição de Programas de prevenção e até Infraestrutura no município de um possível hospital para as mulheres.

Os vereadores aprovaram cinco PLs, em segundo turno de discussão e votação unanimes para virar Lei, assim que o prefeito sancionar os PLs ou mesmo retornar a Casa de Lei para promulgação do Legislativo.

O Plenário iniciou com o PL (Projeto de Lei) n° 8.217/16, de autoria do vereador Dr. Cury, que institui o mês “Abril Marrom”, dedicado a ações de prevenção e combate às diversas espécies de cegueira. Como também, na mesma esteira, há também o PL 8.250/16, do vereador Roberto Durães, que institui a Semana e o Dia da Conscientização sobre Alienação Parental no calendário oficial do Município.

Os parlamentares votam ainda o Projeto de Lei nº 8.229/16, que institui a rede de proteção às gestantes infectadas pelo vírus Zika, no município de Campo Grande/MS dá outras providências. E o Projeto de Lei nº 8.285/16, que dispõe sobre a criação do Programa Municipal de Assistência à Criança Portadora de Microcefalia e dá outras providências. As duas propostas são de autoria do vereador Carlão.

E por fim, será analisado o Projeto de Lei nº 8.289/16, de autoria do vereador Prof. João Rocha, que autoriza o Poder Executivo a implantar o Hospital da Mulher no município de Campo Grande.

Comentários

comentários