Projeto de MS de combate à corrupção será multiplicado pelo TCU

Da Redação

Divulgação

O presidente do Tribunal de Contas da União, Ministro José Múcio Monteiro Filho, conheceu de perto um programa piloto de Mato Grosso do Sul, feito pelos órgãos de controle, para combate à corrupção, e pretende copiar a ideia em âmbito nacional. Ele falou sobre o assunto em uma visita de cortesia ao governador Reinaldo Azambuja, nesta quinta-feira (5).

De acordo o Controlador Geral do Estado, Carlos Eduardo Girão, o programa Avaliação da Suscetibilidade à Fraude e Corrupção foi desenvolvido como um mecanismo de prevenção, por meio do mapeamento da vulnerabilidade dos órgãos públicos.

“É um projeto piloto em Mato Grosso do Sul, feito pelos mecanismos de controle, que envolveu TCU, CGE [Controladoria Geral do Estado], TCE [Tribunal de Contas do Estado], CGU [Controladoria Geral da União] e CGM [Controladoria Geral do Município de Campo Grande], que é de avaliação da maturidade dos órgãos com relação a governança. Agora vai ser usado no Brasil todo”, explicou Girão.

Comentários