Professores se impacientam com ausência de vereadores na sessão da Câmara

Professores da Reme (Rede Municipal de Ensino), no 46° dia de paralisação, e às vésperas do período previsto para o início das férias escolares, se impacientaram com ausência de vereadores na sessão  da Câmara Municipal desta quinta-ferira (9).

Professores foram à Câmara  empunhando embalagens de pizzas com fotos dos vereadores Foto Silvio Ferreira
Professores foram à Câmara empunhando embalagens de pizzas com fotos dos vereadores Foto Silvio Ferreira

A sessão, que registrou a presença de apenas 17 vereadores, com pronunciamentos que giraram em torno de temas como o projeto alternativo do anel viário da BR, de requerimentos dos vereadores e outros como reivindicações relativas ao funcionamento dos Ceinfs (Centros de Educação)..

Ainda empunhando embalagens de pizzas com fotos dos representantes da Casa, os professores seguem com o protesto pelo que consideram “inércia” dos vereadores da Capital, diante das reivindicações do magistério da rede municipal pelo cumprimento da lei 5.411, de março deste ano, que trata da implementação do piso nacional salarial da categoria.

A professora da Reme, Edna Bazachi, questionou a razão da suspensão súbita da sessão: “Será que é por conta das apreensões de documentos feitos pela Polícia Federal que estão acontecendo hoje em Campo Grande durante a Operação Lama Asfáltica?”

Silvio Ferreira

Comentários

comentários