Professores da Reme ganham 11ª edicao de prêmio nacional

Lúcio Borges com PMCG

Profissionais da Reme (Rede Municipal de Ensino) de Campo Grande foram agraciados com premiação na 11ª edição do prêmio ‘Professores do Brasil’. Um grupo de cinco professores de Ceinfs e escolas passaram e venceram a iniciativa do Ministério da Educação, que juntamente com instituições parceiras, busca reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de professores de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula.

Os professores: Léia de Morais Brito, do Ceinf Coração Maria; Suellen da Costa Simões, do Ceinf Paulo Siuff; Eva Adriana Gomes Barbosa, da Escola Integral Prof.ª Ana Lucia de Oliveira Batista; Eliane Castilho Modesto, da Escola Prof. Virgilio Alves de Campos, e, o professor Nizael Flores de Almeida, da Escola Municipal Prof. Hércules Maymone são ganhadores do Prêmio Professores do Brasil.

2Conforme o MEC, o objetivo é reconhecer o trabalho dos professores das redes públicas, que no exercícios da atividade docente, contribuem de forma relevante para a qualidade da Educação Básica no Brasil.

A classificação das duas professoras da Educação Infantil da Rede Municipal, foi na categoria de creches. A professora Léia de Morais Brito, do Ceinf Coração Maria, localizado na região do bairro Coronel Antonino, conquistou a categoria Destaque. Ela realizou o trabalho com o titulo “Estimulação sensação e diversão”.

Surpresa, mas alegres pelo resultado

1A professora Léia, ficou surpresa, mas alegre pelo resultado. “Foi uma euforia muito grande. Foi muito bom ser reconhecida, fiquei surpresa, não imaginava que a minha metodologia de ensino utilizada fosse ser reconhecida. Quando faço o trabalho em sala de aula, viso muito o desenvolvimento da criança. Quando o trabalho ultrapassa as paredes da sala de aula, enobrece o professor”, disse.

Outra vencedora pela categoria Destaque, é a professora Suellen da Costa Simões, do Ceinf Paulo Siuff, com o trabalho intitulado ‘O incentivo a leitura, valorizando a cultura sul-mato-grossense para crianças da Educação Infantil’. “Maravilhoso, um reconhecimento, sinto-me privilegiada. O mérito não é só meu é do Ceinf e de toda a equipe. Meu projeto é sobre a valorização à leitura e da cultura Sul-mato-grossense. A reação das crianças é de surpresas, algumas me surpreendem e já trazem o reconhecimento de algumas coisas conhecidas”, afirmou Suellen.

Na Escola Municipal Professor Hércules Maymone, o professor Nizael de Almeida, foi o vencedor, na categoria 6º ao 9º ano, do Ensino Fundamental, com o titulo “Semana Literária: poesia não compra sapato, mas como andar sem poesia, Emmanuel?”.

5Outra unidade que teve professor na categoria Destaque, foi a Escola Prof. Virgílio Alves de Campos, através da professora que atende do 4º ao 5º anos, do Ensino Fundamental, Eliane Castilho Modesto, com o trabalho “História e trajetória da escravidão: navegando na cultura brasileira.

Com o tema “Projeto livros: diferentes obras em diferentes espaços, encantando e desenvolvendo potencialidades”, o professor da Escola Municipal Padre Tomaz Ghirardelli, que atende 1º, 2º e 3 anos do Ensino Fundamental, foi premiado na categoria Destaque a professora Márcia Cristina da Costa e Silva.

Valorizar processo formativo

A intenção do Prêmio também é valorizar o papel dos professores como agentes fundamentais no processo formativo das novas gerações e dar visibilidade às experiências pedagógicas conduzidas pelos professores, consideradas exitosas e que sejam passiveis de adoção por outros professores e pelos sistemas de ensino.

O premio visa também estimular a participação dos professores como sujeitos ativos na implementação do Plano Nacional de Educação e da Base Nacional Comum Curricular e oferecer uma reflexão sobre a prática pedagógica e orientar a sistematização de experiências educacionais.

Comentários