Professor é preso acusado de abusar de aluno de 5 anos em Campo Grande

Um professor de educação física de 29 anos foi preso na tarde dessa terça-feira (20), no bairro Santa Emília, em Campo Grande, suspeito de abusar sexualmente de um aluno de cinco anos. O crime teria ocorrido ontem na escola Municipal Professora Maria Tereza Rodrigues..

Foto Reprodução TV Morena
Foto Reprodução TV Morena

O menino contou para o pais sobre a violência sexual e eles então acionaram a polícia. O delegado Enilton Zala, disse que o menino confirmou aos policiais o abuso.

A criança é aluna de uma escola municipal onde o suspeito atua como substituto há aproximadamente um ano.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar, a mãe disse que o filho confessou a ela a violência sexual depois chegar da escola com comportamento estranho. A mulher relatou que o menino estava calado, diferente do costume. Questionado sobre o que havia acontecido, revelou que um professor havia passado a mão em suas partes íntimas, no banheiro da escola.

Revoltada com a acusação, a mãe chamou policiais que detiveram o professor e ele foi encaminhado à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga, onde o caso foi registrado, mas é investigado na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Em interrogatório, ao delegado plantonista Enilton Zalla, o professor negou o crime e falou pouco sobre o caso. Ainda alegou ter sido casado por nove meses, ser formado em teologia e realizar faculdade de educação física na Uniderp.

O celular do acusado foi apreendido, porém não foram encontradas fotos obscenas envolvendo menores. A criança foi ouvida pelo delegado e contou sobre o caso, com riqueza de detalhes.

Ele disse que o professor o elegeu para ser “ajudante de brincadeira”.

Enquanto as crianças brincavam, o menino foi colocado atrás de uma mesa, onde o professor passava as mãos no pênis da vítima. O rapaz mandou a criança não contar aos pais e disse que iria levá-lo ao banheiro, para tirar fotos nuas do menino.

Comentários

comentários