Professor de MS escreve orelha de livro do autor de Crônicas de Nárnia

Foto Divulgação
Foto Divulgação

A editora Planeta lançou em português o livro A Torre Negra e Outras Histórias, de C.S. Lewis, autor de grandes obras como as Crônicas de Nárnia. Este novo livro é um esboço de um quarto volume que daria continuidade à aclamada série de ficção científica de Lewis, conhecida como Trilogia Espacial. Com grande conhecimento sobre as obras de C.S. Lewis, o professor doutor Nataniel dos Santos Gomes foi convidado para escrever a orelha do livro.

Nataniel é professor do curso de Letras da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande. Para ele ser lembrado foi muito importante, já que é comum que a orelha do livro seja escrita por escritores estrangeiros. “Lewis é um Autor muito importante. Poucas pessoas conhecem bem a obra dele. Estou honrado de ser  uma dessas pessoas”, comentou Nataniel.

A Torre Negra e Outras Histórias continua as aventuras de personagens como o Dr. Elwin Ransom e MacPhee. Na trama, cinco homens se reúnem no escritório de Orfeu, na Universidade de Cambridge, para testemunhar a violação do espaço-tempo por meio do cronoscópio, um telescópio que não olha apenas para um outro mundo, mas para outras dimensões. Ao longo da narrativa, os personagens travam debates sobre a matéria, no tempo e no espaço. O livro já esta nas livrarias e parte dele pode ser lida aqui.

Nataniel Gomes

O professor Nataniel Gomes possui graduação em Letras (Português/Literatura) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1996), mestrado em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) e doutorado em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Atualmente é professor da graduação e do programa de pós-graduação (Mestrado Acadêmico em Letras e Mestrado Profissional em Letras) da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), unidade de Campo Grande. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Teoria e Análise Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: descrição linguística, línguas indígenas brasileiras, weblinguagem e histórias em quadrinhos. É líder do Núcleo de Pesquisa em Quadrinhos (NuPeQ).

Confira o texto da orelha do livro A Torre Negra e Outras Histórias:

“Algumas vezes perguntamos o significado da vida, o porquê de nossa existência. Questões assim martelam a cabeça de muita gente e é preciso uma resposta realmente esclarecedora para diminuir um pouco o dilema existencial.
Para muitos, tais questões acabam tornando-se verdadeiras obsessões. Mas, como filhos do Iluminismo, nos tornamos amantes do Racionalismo, como se tudo pudesse ser desvendado pela lógica. Até que descobrimos que é impossível desvendar o mistério da existência desta maneira.
Lendo e lecionando sobre literatura da Idade Média e da Renascença, C.S. Lewis teve contato com pensadores e escritores que contribuíram muito para sua formação e assim ele tenta responder essas questões.
Como professor de Literatura, ele não era ingênuo. Sua intenção era atrair a atenção do público, por intermédio de sua produção literária, para a resposta a essas questões.
Lewis escreve num período em que ninguém mais acreditava em fantasias. Mas reelabora e coloca à disposição dos leitores enfadados com o cotidiano. Ele lança mão do sonho e da fala de seres fantásticos para expressar suas reflexões acerca da vida.
Tudo isso tem a intenção de pintar e identificar o ser humano nos sonhos, nos dilemas e nas necessidades. Desta forma, Lewis constrói suas histórias, como forma de dizer o que se pensa, atingindo o público amplo, tendo a fé cristã como pano de fundo.
Uma leitura imperdível para os fãs de C.S. Lewis e da literatura fantástica que finalmente é lançada no Brasil.”

Comentários

comentários