Produtor de filme estrelado por Luan Santana compara cantor a Elvis Presley

G1/JN

Luan Santana já teve um breve contato com a dramaturgia ao interpretar ele mesmo na novela “Malhação”. Mas agora o desafio vai tomar outras proporções. O sertanejo foi convocado para protagonizar um filme sobre futebol. A história fictícia contará a trajetória de Jorge, um jovem morador da periferia de São Paulo que realiza o sonho de se tornar estrela do Corinthians.

“Escolhi o Luan para o papel, porque sou fã do trabalho dele, acredito no talento dele e estou aplicando o mesmo processo que lá atrás, em Hollywood, foi aplicado nos filmes do Elvis Presley. E, atualmente, é aplicado nos filmes de Justin Timberlake. Vejo o Luan Santana como o artista mais completo do Brasil hoje”.

Só corintiano no filme

Almirates é produtor executivo de “Jorge, o corintiano”. O fato de o sertanejo ser corintiano foi essencial para o convite, assim como vai acontecer na hora de decidirem quem serão os outros artistas do elenco.

A definição vai acontecer daqui a 60 dias, quando o roteiro será finalizado. Ele está sendo escrito por Marcos Jorge, diretor do premiado filme “Estômago”, e por José Roberto Torero, escritor, jornalista esportivo e um dos criadores da série “(fdp)”, da HBO, sobre árbitros de futebol.

Como Luan é protagonista, o cronograma de filmagens será em cima de sua agenda de shows e de suas férias, em fevereiro de 2018. Até lá, o sertanejo deve ganhar mais um companheiro para sua equipe de estrada.

“Ele terá um dublê para as cenas de futebol e vai passar por uma preparação de atores”, adianta o produtor. “Vai ter um profissional, um personal, que vai viajar sempre com ele para fazer a preparação para estar apto para o filme e transformá-lo em um ator de verdade”.

Fiascos futebolísticos

Lapidando o projeto desde 2012, Henrique faz uma análise sobre a baixa aceitação sobre filmes de futebol no Brasil, além da dificuldade na recriação do clima no campo, algo tão difícil de ser reproduzido. “A questão dos filmes de futebol é que nunca foram explorados da maneira que estamos explorando aqui no Brasil”, arrisca.

O filme deve ser lançado no segundo semestre de 2018.

Comentários