Procurador aposentado é preso suspeito de estupro de vulnerável

O procurador de Justiça aposentado Carlos Alberto Zeolla, foi preso na manhã desta sexta-feira (24), em Campo Grande, suspeito de estupro de vulnerável contra uma adolescente de 13 anos. Ele já havia sido preso em 2009 após matar o sobrinho com um tiro na nuca.

As investigações sobre o estupro de vulnerável segue em segredo de justiça e estava sendo investigado pela Delegacia Especializada em Proteção a criança e ao Adolescente (DPCA). Zeolla foi preso por policiais do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e deve prestar depoimento na DPCA.

Foto: Marcelo Victor
Foto: Marcelo Victor

Homicídio

Em 2009, o procurador aposentado matou o sobrinho Cláudio Alexander Joaquim Zeolla, 24 anos. O crime ocorreu no momento em que a vítima deixava uma academia e o motivo seria uma briga do jovem com o avô.

Em 2011, Zeolla foi condenado a oito anos de prisão em regime semiaberto.

Comentários

comentários