Procons de MS se reúnem na Capital visando o fortalecimento do consumidor

Da Redação

Um dos primeiros serviços lembrado pelo consumidor, quando se sente injustiçado diante de uma prática comercial, por exemplo, como de telefonia, bancos ou educação, é o prestado pelos Procons. Esse sentimento unânime, de atuação efetiva na defesa de quem consome, está sendo reforçado com a realização do ‘XV Encontro dos Procons de Mato Grosso do Sul’, que acontece até amanhã (30.11), no auditório do Senac Terra das Águas, na Capital, tratando das relações de consumo e políticas de defesa do consumidor em MS.

Em 32 municípios do Estado o órgão municipal de Defesa de Consumidor está implantado e com expectativa de chegar aos 40 em funcionamento até o final de 2018. O Procon do município de Bonito é um dos que já está pronto para atuar ainda neste ano.

Para a titular da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Elisa Cleia Nobre, na qual a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor  de Mato Grosso do Sul (Procon/MS) está ligada, o papel desempenhado pelos órgãos de Defesa do Consumidor vem se mostrando cada vez mais importante. “Podemos ver, seja pelo Procon Estadual ou pelos já implantados nos municípios, que existe uma procura por parte do consumidor, e isso significa que existe um bom diálogo e uma boa execução das demandas entre o órgão e quem dele necessita, beneficiando diretamente o consumidor. Se existe essa procura é porque as pessoas acreditam no trabalho desenvolvido”, ressaltou.

Também na mesa de abertura do Encontro, na manhã de hoje (29.11), o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, reforçou o fortalecimento do consumidor como parte principal do evento. “Dos debates vamos chegar às proposições que poderemos implantar e assim estaremos beneficiando o consumidor. Ouvindo os parceiros, como os bancos, prestadoras e agências reguladoras, teremos meios de pensarmos em conjunto ampliando o debate em torno das principais reclamações”.

Do Procon de Campo Grande, Valdir Custódio, enalteceu os serviços prestados pelos Procons de MS, avaliando o desempenho como muito bom quando comparado ao cenário nacional. “Precisamos desses encontros para alinharmos ações e também sermos pautados. Creio que ampliar o debate e elevar ainda mais o nível das discussões seja um dos objetivos para os próximos eventos”, sugeriu.

A programação do evento contempla temas como o transporte aéreo e fiscalização; ofertas e área de cobertura das empresas de telefonia; atendimento nas agências bancárias e oscilações nos preços dos combustíveis, entre outros. Jane Inês Dietricha, da Defensoria Pública de MS e Nikolas Pellat, representando a OAB/MS, também compuseram a mesa de abertura do evento.

Como reclamar?

O Procon Estadual atende ao público na rua 13 de Junho, 930, no Centro de Campo Grande, das 7h às 19h. O telefone de contato é o (67) 3316-9800. O órgão possui ainda o número 151 e o fale conosco do site, por meio do qual os consumidores podem esclarecer dúvidas que envolvam relações de consumo e fazer denúncias de produtos impróprios e vencidos, entre outras irregularidades.

Comentários