Procon recomenda Viação São Luiz a melhorar prestação de serviços

Tendo como objetivo principal encaminhar solução para problemas  enfrentados por  consumidores (usuários) dos serviços prestados pela Viação Expresso São Luiz, tais como suspensão de viagens por falta de ônibus, atrasos nos horários de saída dos locais de origem da viagem, veículos que apresentam problemas mecânicos durante o trajeto, entre outros, foi realizada reunião na sede da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor- Procon/MS, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho.

Para discussão e  tentativa de solução a reunião contou com participação do gerente Comercial da empresa de transportes Denilson Carlos Dias, do superintendente do Procon/MS Marcelo Salomão e do coordenador do Procon de Costa  Rica Walder de Freitas, além de  coordenadores de setores do Procon/MS. Pelo fato de coordenar a instituição que mais  recebe reclamações de usuários, Walder  expôs situação pela qual também já passou, de ter vivido o problema de ônibus quebrar durante  viagem entre o município de Costa Rica e Campo Grande.

Por sua vez o representante da São Luiz afirmou ter conhecimento de que há deficiência na prestação de serviços e  declarou que serão realizados investimentos consideráveis para melhoria do atendimento ao consumidor. Se comprometeu, inclusive, a apresentar ao Procon Estadual, no prazo máximo de 20 dias, um plano de ação contendo as  providências que estão em curso.

Denilson dias comentou que passageiros não têm ficado no prejuízo, uma vez que a empresa não se furta a devolver os valores das passagens quando há desistência ou a viagem não é realizada. Com relação a isso, Marcelo Salomão afirmou que “ o prejuízo do usuário não está somente no dinheiro pago pela passagem. Muito mais que isso é a perda de compromisso devido aos atrasos ou não comparecimento por ter enfrentado problemas no transporte”.

Comentários