Procon-MS detecta diferença de mais de 250% em produtos de Floriculturas

Lúcio Borges

O Procon-MS realizou uma nova pesquisa sobre produtos de floricultura, onde mostra diferença de até 255,56% em flores, que deve ser registrado em decorrência de “nova” data, que nos últimos anos se consolidou e cada período se comemora o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março. A própria Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor, confirma que fez o levantamento levando em consideração a proximidade do Dia especial neste mês, que já será nesta sexta-feira (8). A pesquisa foi realizada de 22 a 25 de fevereiro, quando se verificou preços de nove itens em 12 comércios de Campo Grande.

Assim, equipes do órgão realizaram pesquisa de preços em floriculturas por se tratar de estabelecimentos que, por tradição, comercializam produtos mais adquiridos para presentear as mulheres. “Como resultado dos trabalhos realizados pelos pesquisadores do Procon Estadual, ficou constatada diferença de até 255,56 % em um dos itens pesquisados, o buquê de flores do campo médio – em um local foi encontrado a R$ 160,00 e em outro vendido por R$ 45,00”, anunciou o superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão.

Em seguida, em diferença de preços, está a orquídea em vaso com duas hastes. Este produto custa R$ 150,00 em algumas floriculturas e em outra sai bem mais barato, sendo vendido a R$ 52,00, ou seja, com diferença de 188,48%.

A pesquisa realizada na semana passada verificou preços de nove itens em 12 estabelecimentos especializados e visa orientar o consumidor a economizar quando decidir adquirir produtos específicos para a data comemorativa.

Maior e menor

O interessado pode acessar detalhes dos dados no link acima da pesquisa, que entre os 12 locais pesquisados, teve um que apresentou maior número de itens – seis ao todo – com o menor preço. Enquanto, inversamente, o maior preço em igual número de produtos foi detectado em outra floricultura.

Na opinião do superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão, “mais uma vez ficou demonstrada a necessidade do consumidor pesquisar preços sempre que desejar adquirir qualquer produto. O resultado é sempre a oportunidade de encontrar diferenças compensadoras. Economizar sempre faz bem”, finaliza.

Comentários