Procon flagra irregularidades e recolhe quase 200 itens de estabelecimento

Da Redação/JP

Agentes da Delegacia do Consumidor (Decon) durante a fiscalização (Foto: Divulgação)

O Procon de Mato Grosso do Sul recolheu na manhã desta quinta-feira (18), 197 itens em estabelecimento da Capital, localizado na Avenida Calógeras. Por meio de denúncia realizada via site do Procon, a fiscalização constatou diversas irregularidades como produtos fora do prazo de validade exposto para venda.

No total 29 produtos fora do prazo de validade, 03 produtos sem informações específicas sobre as características e ainda 165 impróprios por não estarem sendo armazenados na temperatura ideal, foram recolhidos em ação que contou com o apoio de agentes da Delegacia do Consumidor (Decon).

Conforme Marcelo Salomão, titular da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), os produtos recolhidos foram todos eles descartados, saindo de circulação e assim evitando a ingestão imprópria pelo consumidor. “Será aberto um processo administrativo onde poderá ser aplicada uma sansão administrativa, que pode chegar aos R$ 50 mil”, reforçou o superintendente.

O Procon Estadual disponibiliza o número 151 e o Fale Conosco do site www.procon.ms.gov.br aos consumidores para informações e denúncias.

Comentários

comentários