Procon e vigilância dão ultimato à mercado da Capital

Da Redação/JN

A Subsecretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Campo Grande), em parceria com a Vigilância Sanitária Municipal, por meio do serviço de fiscalização de alimentos, deflagrou nesta manhã segunda-feira (28), uma operação que resultou na notificação da padaria, peixaria, açougue e pizzaria de um supermercado da Capital, após ter conhecimento da presença de roedores nesses setores.

De acordo com o subsecretário municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, Valdir Custódio, a vistoria foi feita após denúncias por meio de um vídeo publicado nas redes sociais, que mostra roedores no setor da padaria do supermercado.

O estabelecimento terá um prazo de 24 horas para sanar as irregularidades nos locais indicados, a fim de impedir o acesso de roedores, o que compromete a saúde dos funcionários e consumidores.

Custódio ressalta a importância de a população denunciar esse tipo de situação. “É importante a população saber que o Procon está de olho e sempre que acionado segue, imediatamente, para verificar a denúncia. É válido o uso de qualquer canal de comunicação, inclusive o uso das ferramentas da rede social, para que a informação chegue até nós. No caso deste supermercado, foram confirmadas as denúncias. Os fiscais do Procon e da vigilância sanitária encontraram muitas fezes no local, além de ninhos de roedores”.

O representante do Procon Municipal destaca que a ação é muito importante por garantir a segurança da saúde dos campo-grandenses. “O que foi constatado hoje fere não apenas o direito do consumidor, mas também a saúde pública. A subsecretaria está atenta e atuante”, garantiu.

Os fiscais retornarão nesta terça-feira (29) ao local para verificar se foram tomadas as providências. No caso do não cumprimento, o estabelecimento receberá um auto de infração, que poderá resultar em advertência e até mesmo interdição.

Comentários