Proclamação da República foi ‘infâmia’ contra Dom Pedro II, diz Weintraub

VEJA/JP

O ministro da Educação, Abraham Weintraub – 02/05/2019 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, classificou como “infâmia” contra o imperador Dom Pedro II a proclamação da República, que completa 130 anos nesta sexta-feira, 15. No Twitter, Weintraub afirmou que não defende a volta da monarquia, mas insinuou que não há o que ser comemorado na data.

“Não estou defendendo que voltemos à Monarquia mas…O que diabos estamos comemorando hoje?”, escreveu, em uma postagem na manhã desta sexta. “Há 130 anos foi cometida uma infâmia contra um patriota, honesto, iluminado, considerado um dos melhores gestores e governantes da História”, disse, sobre Dom Pedro II.

Deposto pelos republicanos, o monarca cedeu o comando do Brasil em 15 de novembro de 1889 a marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente do país. Dom Pedro morreu dois anos depois, no exílio em Paris.

Comentários