Primeira morte por H1N1 na Capital é de menina de dois anos

08priA Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul confirmou nesta quarta-feira (8) a primeira morte por Influenza H1N1. A vítima é uma menina de 2 anos que estava internada por um dia na Santa Casa de Campo Grande.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, a criança deu entrada no hospital na última sexta-feira (3) já com suspeita da doença. No sábado (4), a menina morreu. A morte foi confirmada i divulgada no boletim epidemiológico da SES nesta quarta-feira.

Ainda conforme o boletim, mais três pessoas contraíram a H1N1, sendo um caso em Miranda, um em Sidrolândia e uma em Campo Grande. No ano passado 21 pessoas morreram por causa da gripe suína em MS.

Já foram confirmados 169 casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), 4 de Influenza A H1N1, 11 por Influenza A H3N2 e outros de Influenza B. Outros dois óbitos já haviam sido confirmados, sendo vítimas do vírus Influenza H3N2 de Campo Grande.

Comentários

comentários