PRF multa 1,7 mil pessoas por excesso de velocidade em 24h de operação

A Polícia Rodoviária Federal está utilizando radares fotográficos à longa distância e flagra condutores imprudentes que podem ter a CNH suspensa imediatamente, durante este feriadão de Finados.

02alta

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro os excessos de velocidades com mais de 50% do limite serão punidos com multa gravíssima (3 vezes), equivalente a R$ 574,62, e ficará retido sem a habilitação.

Os aparelhos têm uma câmera a laser capaz de acompanhar um veículo por vídeo a até um quilômetro de distância. O equipamento ainda fotografa e identifica a placa dos carros.

Com o aumento do fluxo de retorno do feriado prolongado essa ferramenta será utilizada de forma mais eficiente para evitar acidentes nas rodovias.

A atenção dos motoristas deve ser redobrado quanto a velocidade, ultrapassagens, sinalização e iluminação, ingestão de álcool e condução de motocicletas e similares.

Radar flagra condutor a 167 km/h em rodovia federal de MS
Radar flagra condutor a 167 km/h em rodovia federal de MS

Todos os motoristas que passarem pelos pontos de fiscalizações, tanto nos Postos quanto em pontos de fiscalização da rodovia, serão submetidos ao teste do etilômetro.

Os motoristas que se negarem a realizar o teste e os que apresentarem vestígios de ingestão de álcool serão submetidos aos procedimentos idênticos ao teste com resultado positivo, em razão da alteração do texto do artigo 277, §3º do CTB, e terá sua habilitação recolhida com aplicação da penalidade de multa no valor de R$1.915,40.

MULTAS

A PRF divulgou neste domingo (1) o resultado parcial da Operação Finados 2015, que corresponde a 00h do dia 31 até a 00h de hoje. Até o momento 1,7 mil pessoas foram multados por dirigir acima da velocidade permitidas nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul.

Foram abordados 3.184 veículos e 3.098 pessoas fiscalizadas, sendo realizados 1 mil testes do “bafômetro”e autuados 31 por embriaguez. Das outras autuações, 147 foram por ultrapassagem indevida e 33 por não usar o cinto de segurança.

Ainda 10 pessoas foram presas por crimes no trânsito, três por contrabando e uma por tráfico de drogas, onde foram apreendidos 550 quilos de maconha.

Foram registrados 16 acidentes nas rodovias, sendo oito sem vítimas, sete feridos e uma morte. A operação acaba a 00h de terça-feira (3).

Comentários

comentários