Preso por duplo homicídio, homem morre no Garras

Guilherme Gonçalves Barcelos, 31 anos, suspeito de ter matado duas pessoas na região de fronteira,foi encontrado morto hoje de madrugada (25) em uma das celas do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos e Resgate, Assaltos e Sequestros), em Campo Grande.

O homem teria se enforcado com uma calça jeans.

Segundo informações da Polícia Civil, Guilherme foi preso no final da noite de ontem (24), pela DEH (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Homicídio), em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo juiz da comarca de Bela Vista.

Durante a investigação, ele fugiu para Campo Grande e ficou hospedado em um hotel no centro, onde foi preso. No momento da abordagem, Guilhrme parecia estar fora de si e tentou reagir, mas foi detido e levado à delegacia.

A Polícia Civil já instaurou procedimento para apurar o caso. Informações sobre o duplo homicídio não foram informados, pois segue em segredo de Justiça.

 

Durante a prisão, Guilherme não quis fornecer nenhuma informação sobre o crime. Ele alegou que se falasse alguma coisa estaria colocando sua vida e da família em risco.

Comentários

comentários