Preso homem que decapitou e queimou corpo de companheiro de serviço

Na madrugada desta sexta-feira, a Polícia Militar de Naviraí prendeu um homem acusado de assassinato brutal no estado do Paraná.

Por volta da 1h da manhã, uma guarnição da Policia Militar realizava abordagens a vários indivíduos que estavam de frente a uma distribuidora de bebidas localizada na rua Niterói, área central da cidade, onde ao fazerem a checagem de um deles, o mesmo passou a se fingir que estava bêbado, e por duas vezes tentou omitir seu nome aos policiais militares.

De acordo com a polícia, José Carlos estava foragido desde 2010 - Foto: Umberto-Zum
De acordo com a polícia, José Carlos estava foragido desde 2010 – Foto: Umberto-Zum

Segudo o site o Tá Na Mídia Navirai, ao ver que estava sendo consultado junto ao sistema da Polícia, o homem então confessou que se chamava José Carlos Macedo Silva, e que teria 44 anos. Em checagem ao nome os policias descobriram que Jose Carlos era foragido da Justiça do estado do Paraná, onde possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto da cidade de Maringá.

Jose Carlos é um dos autores de um crime bárbaro que aconteceu na cidade de São Jorge do Ivaí/PR, onde ele, juntamente com Valdecir Ramos Borges, que na época do crime tinha 27 anos, decapitou e queimou o corpo de seu companheiro de trabalho Nelson Ferreira dos Santos, de 60 anos.

O crime aconteceu na noite do dia 5 de abril de 2008, em uma propriedade rural, onde era realizado um churrasco regado a bebidas alcoólicas, em confraternização da construção de um barracão. No local estavam cinco pessoas que começaram a discutir porque a casa em que estava começou a pegar fogo devido uma fogueira feita no local.

Na discussão Jose Carlos deu uma gravata em Nelson e em seguida Valdecir com um facão deu um golpe no pescoço da vitima, vindo a separar do corpo. Outro homem que também estava no churrasco, também foi atingido com um golpe de facão no pescoço e conseguiu fugir.

Jose Carlos e Valdecir jogaram o corpo e a cabeça de Nelson na casa e chamas no intuito de ocultar o cadáver. Após cometer o crime Jose Carlos e Valdecir foram presos em flagrante pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Em 2010, Jose Carlos teria se evadido do Justiça do Paraná, sendo recapturado na madrugada desta sexta-feira pela PM de Naviraí. Ele deve ser remanejado para o estado do Paraná onde cumprira sua pena em regime fechado.

 

Comentários

comentários