Preso do semi-aberto furta moto e moradores o amarram em árvore

Tiago ficou amarrado em uma árvore até a chegada da Policia Militar  (Foto: TaNaMidiaNavirai)
Tiago ficou amarrado em uma árvore até a chegada da Policia Militar
(Foto: TaNaMidiaNavirai)

Tiago Aparecido Costa, de 23 anos, que cumpre pena no regime semi-aberto em Naviraí, foi deito por populares na manhã de ontem(28), e amarrado em uma árvore até a chegada da Policia Militar.

Ele foi detido, após ter furtado uma moto Honda CG Titan 125, de cor vermelha, placa Naviraí/MS, de uma residência localizada na rua Tiradentes, próximo ao SENAI.

Segundo o site tanamidianavirai, por volta da 10h30, o proprietário da moto ao notar que ela havia sido furtada, passou a procura mela mesma, sendo que ao passar pela rua Guaranis, próximo a uma Igreja em construção, avistou dois homens em sua motocicleta, e tentou abordar o mesmo, porem eles conseguiram fugir.

Um sobrinho da vitima passou a perseguir os autores, seguiram por varias ruas da cidade e ao chegarem à avenida Amélia Fukuda, seguiram sentido a BR-163. O sobrinho então retornou até onde estava seu tio, e ambos juntamente com mais um amigo, seguiram e direção para onde os autores teriam fugido, e passaram a procurar pelos mesmos, na Vila Industrial que fica a beira da BR-163.

Durante as buscas pelo local, os dois indivíduos foram localizados de posse da moto furtada, sendo que um deles ao verem a aproximação do proprietário, conseguiu correr e adentrar em meio a um mato. O outro individuo que pilotava a moto, tentou fugir com a mesma, porem não conseguiu e foi detido.

Com a ajuda do sobrinho e o amigo e de moradores da vila, o proprietário da moto, conseguiu deter e amarar o individuo identificado como Tiago Aparecido Costa, em uma árvore. Em seguida a Policia Militar foi acionada e compareceu no local e realizou a prisão de Tiago.

Aos policiais militares, Tiago nego ser o autor do furto e apontou um individuo identificado por ele apenas pelo apelido “Nicão”, o qual teria conseguido fugir, como sendo o autor.

Diante dos fatos, os policiais militares encaminharam Tiago para o 1º DP (Delegacia de Polícia Civil), para serem tomadas as devidas providencias relativa ao caso.

Comentários

comentários