Prefeitura sai da lista do Cadin e poderá emprestar U$ 56 milhões

O prefeito Alcides Bernal conseguiu na última quarta-feira (7) uma decisão de caráter geral do Tribunal Regional Federal da 3º região determinando a exclusão do nome do município do Cadastro Único de Exigências para a Transferência Voluntarias (CAUC), Cadin e demais cadastros federais de inadimplência.

A ação proposta pelo procurador geral do município, Denir Nantes, garante, entre diversos benefícios para Campo Grande, o empréstimo de U$ 56 milhões junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), já aprovado pelo Congresso Nacional, garantindo a continuidade do projeto Viva Campo Grande que irá dinamizar a mobilidade urbana e acessibilidade em associação com um processo de urbanização integrada.

O objetivo do Viva Centro é promover a redução das desigualdades sociais e desenvolver, nas áreas selecionadas, a urbanização e a melhoria ambiental, possibilitando o acesso da população a equipamentos e serviços públicos, infraestrutura urbana, com vistas à inclusão social e ao desenvolvimento sustentável das áreas de intervenção.

Comentários