Prefeitura cancela Carnaval da Paz, mas folia continua nos desfiles e blocos da Capital

A Prefeitura de Campo Grande decidiu cancelar nessa quarta-feira (27.2) o Carnaval da Paz, realização conjunta entre Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FMCS) e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) que aconteceria na avenida Interlagos, entre as ruas Spipe Calarge e Doutor Werneck, na Vila Albuquerque.

De acordo com o executivo municipal, a opção pelo cancelamento ocorreu em função dos estragos causados pela chuva que caiu na Capital na terça (26.2).

Apesar do cancelamento da festa na Interlagos, tanto a Prefeitura como a FCMS continuam a apoiar o desfile das Escolas de Samba e dos blocos oficiais e independentes.

A diversão está garantida nos blocos oficiais, que saem no dia 3 de março, das 19h às 2h da manhã, na avenida Calógeras, entre Afonso Pena e Maracaju. A FCMS apoia o evento com recursos financeiros para a Associação de Blocos e Cordões Carnavalescos (Ablanc) e apoio estrutural, com um palanque de 10m x 20m, 40 metros de arquibancada, 30 banheiros químicos e 40 grades de contenção.

O tradicional desfile das Escolas de Samba de Campo Grande também anima quem gosta da Folia de Momo. Acontece nos dias 4 e 5 de março (segunda e terça-feira) na Passarela do Samba, na avenida Alfredo Scaff, bairro Santo Amaro. A FCMS apoia o evento com repasse de recursos financeiros para a Liga das Escolas de Samba de Campo Grande (Lienca) e apoio estrutural, com arquibancada e tendas.

Na segunda a abertura acontece às 19 horas com bloco convidado. Na sequência desfilam as agremiações “Os Herdeiros do Samba”, das 20h às 21h; “Unidos do Aero Rancho”, das 21h às 22h; “Cinderela Tradição José Abrão”, das 22h30 às 23h30; “Unidos do São Francisco”, entre meia-noite e 1h.

Na terça-feira (5.3) a ordem será a seguinte: “Unidos do Cruzeiro”, das 20h às 21h; “Catedráticos do Samba”, das 21h30 às 22h30; “Deixa Falar”, das 23h à meia-noite; “Igrejinha”, da 0h30 à 1h30; “Unidos da Vila Carvalho”, das 2h às 3h.

Comentários