Prefeitura abre seleção para profissionais atuarem na Vigilância Sanitária

Lúcio Borges

A Prefeitura de Campo Grande, abriu um processo seletivo para contratar 13 profissionais,  a atuarem na Vigilância Sanitária Municipal. O interessado pode procurar a publicação em edital que saiu nesta sexta-feira (9), no Diogrande (Diário Oficial de CG), onde abriu a seleção de contratação, por tempo determinado, em atividades de inspeção de produtos de origem animal. O contrato será na forma prevista no Convênio de Cooperação Técnica entre a União Federal, por intermédio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e o Município de Campo Grande, através da administração municipal.

O interessado deverá fazer uma inscrição para concorrer no processo. O cadastro ficará aberto, exclusivamente via Internet, no site da Prefeitura www.campogrande.ms.gov.br/seges/processoseletivo, no período das 10 horas do dia 13/11/2018 às 16 horas do dia 14/11/2018. 

Conforme o edital prevê a contratação de 13 profissionais distribuídos nas funções de Auxiliar de Inspeção I, Auxiliar de Inspeção II, Auxiliar de Inspeção III e Auxiliar de Inspeção IV, para desempenhar atividades técnicas especializadas, por prazo determinado de 12 meses. Para a função de Auxiliar de Inspeção I são oferecidas cinco (5) vagas, para jornada de 40 horas semanais; exigência para o cargo: Ensino Médio Completo e experiência em linhas de abate e inspeção. Salário de R$ 1 mil.

Já a Auxiliar de Inspeção II, quatro vagas, para 40 horas semanais; Ensino Médio Completo e experiência em plantão de expedição e secretaria. Salário de R$ 1.050,00. Para Auxiliar de Inspeção III são duas vagas, para 40 horas semanais; exigência para o cargo: Ensino Médio Completo e experiência em plantão no abate e no supergelados. Salário de R$ 1.150,00. Auxiliar de Inspeção IV, duas vagas, para 40 horas Semanais; Ensino Médio Completo e experiência em plantão na desossa e plantão geral. Salário de R$ 1.500,00.

INSCRIÇÕES

Para inscrever-se, via Internet, o candidato deverá acessar o site www.campogrande.ms.gov.br/seges/processoseletivo e efetuar sua inscrição, conforme os procedimentos estabelecidos no edital. Antes de realizar a inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para participação no Processo Seletivo Simplificado.

Os candidatos selecionados deverão realizar atividades de inspeção de produtos de origem animal, abrangendo aspectos higiênicos, sanitários e tecnológicos, relativos à inspeção, fiscalização e classificação de animais, seus produtos, subprodutos, derivados, resíduos e insumos, destinados ao comércio nacional e internacional, realizando especificamente as seguintes atividades por função:

a) AUXILIAR DE INSPEÇÃO I

– Atuação na inspeção post mortem dos animais do abate;

– Exame dos pés, exame do conjunto cabeça-língua, cronologia dentária, exame do trato gastrointestinal, baço, pâncreas, vesícula urinária e útero, exame do fígado e esôfago, exame dos pulmões e coração, exame dos rins, exame de carcaça (traseiro), visualização e corte de nódulos linfáticos, exame de carcaça (dianteiro), visualização e corte de nódulos linfáticos, inspeção do diafragma e auxílio ao médico veterinário no Departamento de Inspeção Final (DIF).

b) AUXILIAR DE INSPEÇÃO II

– Plantão geral e plantão de desossa;

– Verificação IN LOCO, realização de Procedimento Padrão de Higiene Operacional (PPHO), Pré-operacional/Intervalo de almoço, realização de Procedimento Sanitário Operacional (PSO), verificação das Unidades de Inspeção (UIs), conforme sorteio diário, manutenção, procedimento de verificação da água e abastecimento, controle de temperatura e controle biológico de pragas, M.E.R. e determinação dos pontos críticos de controle (PCCs).

c) AUXILIAR DE INSPEÇÃO III

– Realização de plantão no setor de embarque, verificação do carregamento dos produtos,

– Verificação dos veículos, verificação das condições gerais do furgão/container e dascondições higiênicas, verificação das condições do gerador, bem como do carregamento e do destino final do produto (exportação/mercado interno), identificação com carimbo oficial, selo e lacre original, conferência da temperatura (início, meio e fim), lacração

e verificação do produto carregado (natural, resfriado, congelado, ultracongelado, comestível e não comestível, acompanhamento e recebimento IN LOCO de produtos de terceiros, certificação do estabelecimento, do endereço, do número do Certificado Sanitário/GT/CTPI), bem como o número e série da Nota Fiscal e do Lacre, a determinação do SIF de procedência e localização do Município/HF, a identificação da placa do veículo, da carreta e do container e a verificação das condições gerais e higiênicas do veículo, da rotulagem e das embalagens.

d) AUXILIAR DE INSPEÇÃO IV

– Controle das coletas oficiais e de outros tipos de coletas,

– Verificação da água e produtos (pasta), controle da salmonela (SSP), verificação e controle da Escherichia Coli genérica (pasta) e da escherichia Coli STEC (pasta), BSE (pasta), Ractopamina (pasta), PNCRC (pasta), Conserva (pasta), programação de embarque e descarga, acesso ao SEI (Sistema Eletrônico de Informações), envio da documentação gerada na rotina administrativa do Serviço de Inspeção Federal – SIF 1662

e/ou Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal – SIPOA/MS 4400, realização de turno e serviço de plantão para embarque e desossa, inspeção, fiscalização e controle de produtos e subprodutos de origem animal, inspeção ante e post mortem dos animais de abate, conferência da documentação do animal abatido (Guia de Trânsito Animal), entre outras atividades.

Comentários