Prefeito indiciado pela boate Kiss assume Segurança no RS

Em meio à grave crise envolvendo criminalidade, o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB-RS), anunciou o prefeito de Santa Maria como novo secretário estadual de segurança. Em 2013, Cezar Schirmer (PMBD) foi indiciado por improbidade administrativa no caso da tragédia da boate Kiss, que matou 242 pessoas na cidade. A nomeação requer a renúncia do cargo de prefeito e foi feita menos de uma semana após a Força Nacional ser chamada para auxilar no combate à violência no Estado.

Foto Dainel Favero - TERRA
Foto Dainel Favero – TERRA

Ainda nessa quinta-feira, a Câmara de Vereadores de Santa Maria instaurou uma comissão processante para investigar denúncia contra Schirmer. Ele responderá na Casa por ter nomeado para uma secretaria municipal o ex-vereador Cláudio Rosa, cassado por compra de votos.Após ser nomeado para a pasta de habitação, Rosa também recebia auxílio-saúde de mais de R$ 4 mil pelo INSS.

Agora, com o cargo de secretário, Schirmer passará a ter foro privilegiado. O governador considerou como “desafiadora a missão” que o político assume a partir de agora. Sartori afirmou conhecer o trabalho do peemedebista desde o início e que confia no trabalho do agora ex-prefeito.

Ainda em março deste ano Schirmer conquistou mais uma vitória em relação ao envolvimento de seu nome na tragédia da boate Kiss. O Ministério Público Estadual arquivou mais uma denúncia referente à improbidade administrativa, que investigou o prefeito e secretários de município. Ainda em 2013, o indiciamento realizado pela polícia civil não foi acatado pelo MP.

Comentários

comentários