Prefeito faz decreto para ‘finalizar’ em 5 meses plano de cargo e salario a Guarda Municipal

O prefeito Marquinhos Trad assinou na manhã desta sexta-feira (10), na Câmara Municipal, o decreto para instituir o PCS (Plano de Cargos e Salário) da GCM (Guarda Civil Municipal). Com a assinatura do Decreto, será formada uma Comissão da Prefeitura de Campo Grande com o Sindicato dos Servidores da Guarda Civil Municipal, no qual serão discutidos os termos da redação final do Estatuto do PCS e do Regimento Disciplinar Interno da GCM. A atual gestão anunciou que pretende apresentar o documento final em até cinco meses.

Contudo, apesar de pensarmos que são poucos meses, a finalização será em janeiro do próximo ano e em época de férias/recesso do Legislativo, que vai até inicio de fevereiro. Assim, se levarmos em conta somente os meses, o PCS só será votado na Câmara de Vereadores em final de fevereiro ou março de 2019, se ocorrer todos os tramites em tempo mais ágil também em inicio de trabalho parlamentar do próximo ano.

Assim, o primeiro passo foi dado e se definiu um planejamento com data de pequeno-médio prazo para a criação do PCS. Isto foi feito pela assinatura do decreto, que ocorreu hoje, durante a entrega de medalhas José Antônio Pereira, que é destinada a homenagear e reconhecer pessoas que prestaram relevantes serviços ou apoios à Guarda Civil. “Eu assino o decreto que determina a finalização, dentro de um prazo de no máximo cinco meses, o Plano de Cargo e Salário dos Guardas Civis Municipais de Campo Grande”, oficializou o prefeito.

O prefeito falou sobre o reconhecimento ao trabalho dos guardas civis municipais e que este é um passo, entre tantos outros, que serão tomados. “O que vocês têm é amor pela prática do exercício do mister que realizam. Eu passei a admirá-los. Eu passei a valorizá-los ao olhar cada um de vocês por debaixo desta farda. Hoje, como presente de aniversário do 28º da Guarda Civil Municipal, determino ante minhas prerrogativas, que se faça criar e neste prazo de datas a seguir instituir o tão esperado PCS”, disse Trad.

Sempre em processo para chegar ao “ápice” 

O secretário Especial de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja, fez questão de frisar que a Guarda Civil Municipal de Campo Grande, como qualquer outra instituição, passou por um processo de evolução, e hoje, essa assinatura contempla esse trabalho, realizado pela Guarda Civil nas mais diversas áreas da segurança pública.

“Nós temos uma Guarda Civil que atua no trânsito, em parceria direta com a Agetran; temos um grupamento junto à Patrulha Ambiental, atuando com a Semadur e temos a Patrulha Maria da Penha, dentro da casa da Mulher Brasileira. Então, nós temos três grupamentos especializados, fazendo com o município de Campo Grande cumpra o que a própria Constituição diz que é: os municípios auxiliarem na segurança Pública”, afirmou.

Medalha José Antônio Pereira

A medalha José Antônio Pereira é destinada a homenagear e reconhecer relevantes serviços ou apoios prestados à Guarda Civil Municipal de Campo Grande, por personalidades civis e militares e ainda guardas civis municipais que se destacaram pelas ações benéficas à população.

Nesta sexta-feira foram homenageados os guardas civis municipais Carlon Francisco da Silva, Kleber Furst da Silva, Marta Conceição Ramos Barbosa, Rogério Bruno Ferreira e  Wanderson Oliveira Santana.

Também foram homenageados o presidente da ACICG, João Carlos Polidoro da Silva; o presidente da Associação de Moradores do Bairro Estrela do Sul, Dercides Nunes da Silva; o superintendente regional da Polícia Rodoviária Federal, Luiz Alexandre Gomes da Silva, e o superintendente da Polícia Federal em MS, Luciano Flores.

Comentários