Prazo para isenção de taxa do Exame de Seleção do IFMS termina na segunda

São 1.600 vagas em cursos técnicos integrados ao ensino médio em dez cidades

Os interessados em participar do Exame de Seleção 2017, prova para ingresso nos cursos técnicos integrados ao ensino médio do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), podem solicitar a isenção da taxa de inscrição até segunda-feira, 24. A concessão será feita a estudantes da rede pública.

Para ter direito à isenção, o candidato deve anexar um comprovante de escolaridade no ato de inscrição, que deve ser feita exclusivamente pela Central de Seleção do IFMS. O endereço é www.ifms.edu.br/centraldeselecao.

São aceitos uma declaração emitida pela escola, para aqueles que ainda cursam o último ano do ensino fundamental; ou o histórico escolar, para os que já concluíram esse nível de ensino.

A previsão é que o resultado dos pedidos de isenção seja divulgado no dia 31 de outubro. Para os que não forem contemplados, a taxa é de R$ 20,00 e pode ser paga em qualquer agência do Banco do Brasil até 8 de novembro.

Vagas – São ofertadas 1.600 vagas nos campi Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

As opções são os cursos de Agricultura, Agropecuária, Alimentos, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Informática para Internet, Mecânica e Metalurgia.

Além de ter o ensino fundamental completo até a data da matrícula, prevista para janeiro do ano que vem, o candidato também deve possuir o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O edital completo do processo seletivo está disponível na Central de Seleção.

Prova – Será aplicada no dia 20 de novembro, nos dez municípios onde o IFMS tem campus. Serão 50 questões objetivas de língua portuguesa (20), matemática (20) e conhecimentos gerais (10).

A previsão é que a primeira chamada seja divulgada no dia 9 de dezembro. As chamadas subsequentes deverão ocorrer a partir de janeiro de 2017.

Dúvidas ou solicitação de informações devem ser encaminhadas para o e-mail [email protected].

Curso integrado – Nesta modalidade, o estudante cursa o ensino médio e a formação técnica de forma articulada. O diploma tem validade nacional e o habilita tanto a ingressar em cursos de nível superior quanto ao exercício profissional.

O estudante pode participar de programas de iniciação científica e tecnológica do IFMS, que permitem a realização de pesquisa aplicada sobre temas das mais variadas áreas de conhecimento, além de atividades de extensão junto às comunidades dos municípios.

vagas

Comentários

comentários