Prazo para famílias desocuparem 450 casas vence hoje

O prazo para as famílias desocuparem as 450 casas em término de construção invadidas no conjunto habitacional Dioclécio Artuzi III vence nesta segunda-feira. Caso elas não deixem o local, a tropa de choque de Campo Grande será acionada para realizar o despejo.

Famílias ocupam as 450 casas de conjunto habitacional em término de construção Foto: Flávio Verão
Famílias ocupam as 450 casas de conjunto habitacional em término de construção
Foto: Flávio Verão

O prazo de saída foi determinado na quarta-feira passada em reunião entre o comandante da Polícia Militar de Dourados, Carlos Silva, comissão dos moradores ocupantes das casas, membros da OAB, assistentes sociais da prefeitura e representante da empresa responsável pela construção do conjunto habitacional.

Parte das famílias que ocupam as 450 casas prometem resistir a ordem de despejo. Na sexta-feira elas chegaram a trancar a MS-156, em protesto. Pedem que a prefeitura conceda uma área para erguerem moradias.

O comandante da Polícia Militar Carlos Silva já comunicou que não há possibilidade de estender o prazo de despejo em razão da ordem judicial, concedida pela juíza Daniela Tardin.

O pedido de reintegração de posse foi feito pela construtora LC Braga e a justiça atendeu o pedido. As 450 casas em fase de acabamento foram sorteadas em dezembro de 2013 e os futuros moradores aguardam a Caixa Econômica Federal entregar as chaves. As moradias são construídas com recurso federal do programa Minha Casa, Minha Vida.

Comentários

comentários