Postagem de Pedra no Facebook gera indignação na Câmara: ‘Terrorista falador’

Uma publicação nas redes sociais feita pelo secretário de governo Paulo Pedra, que teve seu mandato de vereador cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), deixou os vereadores agitados no início da sessão ordinária de hoje (19). O vereador Carlão (PSB) fez o uso da palavra e leu a postagem de Pedra, em que ele afirma que a entrada do prefeito Alcides Bernal (PP) na prefeitura “desbaratou uma quadrilha que comandava a distribuição de dinheiro público”.

Reprodução Facebook
Reprodução Facebook

“A Secretaria de Governo deveria ser o elo entre o prefeito e a população. Se foi uma quadrilha, ele fez parte também, foi líder da quadrilha. É um terrorista e falador. Me entristece muito ver pessoas como essa na política”, rebateu Carlão.

O vereador Paulo Siufi (PMDB), que presidia a sessão no momento, pediu que a Casa de Leis tome providências diante desta publicação, que fala em “sistema político através de terrorismo” e diz que tanto Pedra como Bernal fazem parte do ‘esquema’ citado pelo secretário.

“Peço que a Casa tome providências diante disso. O Pedra falou que todos faziam parte de quadrilha, se todo mundo fazia, ele e o Alcides Bernal também fazem parte desta quadrilha”, diz o peemedebista.

Revoltado com a situação, o vereador Airton Saraiva, do DEM, trocou o sobrenome do prefeito de Bernal para ‘infernal’, ressaltando que Alcides se recusa a pagar funcionários que trabalharam para o prefeito afastado, Gilmar Olarte (PP por liminar).

Outra que reclamou do texto de Pedra no Facebook foi Carla Stephanini (PMDB). “A Segov tem que articular, agregar e somar, ser bombeiro quando tiver que ser, não causar incêndio”.

A postagem de Pedra foi feita no dia 8 de novembro. Atualmente, ele se vê às voltas com a possibilidade de deixar o cargo na administração de Bernal, após cassação do mandato de vereador pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Comentários

comentários