Posse de vereadores e prefeito da Capital acontece no fim da tarde do dia 1º

Ontem, Marquinhos Trad e a vice Adriane Lopes com os respectivos diplomas (Foto: Natália Rios Trad)

O processo pós eleição em 2016, continuou com algumas etapas que o eleitor nem sabe ou já não acompanha, como a diplomação dos eleitos a prefeito, vice, 29 vereadores e dois suplentes de cada partido, que ocorreu na noite desta sexta-feira (16). A entrega do diploma, que “se formou”, tendo sido eleito, mas cumprido outros requisitos da Lei, é a ultima etapa para a posse em 1º de janeiro. A entrada efetiva no cargo é o momento de maior visibilidade, e para quem quer acompanhar, a posse dos novos legisladores e do chefe do Executivo, será no fim da tarde do primeiro dia do ano.

O momento de  posse dos vereadores, do prefeito eleito de Campo Grande, Marquinhos Trad, e dos novos secretários, acontece em solenidade hierárquica,  no dia 1º de janeiro, a partir das 17 horas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. Primeiro, a Justiça Eleitoral entrega ou delega o cargo, ratificando o resultado dos votos recebidos, ao prefeito e vereadores. Após, o então presidente da Câmara declara empossado o chefe do Executivo.

O prefeito eleito, agora de fato sendo o novo chefe do Executivo, abre outra solenidade para empossar seus auxiliares nos cargos de secretários e ou dirigentes de Fundações e autarquias da administração do município.

Após a posse dos vereadores e do prefeito, os parlamentares irão se deslocar para a Câmara Municipal, onde votarão a composição da nova Mesa Diretora para a Legislatura 2017-2020. Na Casa de Leis por meio de processo eleitoral entre os 29 parlamentares de ato, há a escolha do novo presidente e demais cargos de direção do Legislativo para o biênio 2017-2018.

Comentários