Porco vai até a casa do Leão e faz a selva virar chiqueiro; Palmeiras 2 a 0 contra o Sport

Para o pojeto! Para o pojeto!

Em um duelo direto pela zona de classificação à Copa Libertadores, o Palmeiras foi até uma lotada Arena Pernambuco e frustou a boa fase do Sport com uma vitória por 2 a 0, neste domingo, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Bruno Henrique foi o nome do jogo ao abrir o placar e dar uma belíssima assistência para Keno fechar a conta, ainda antes do intervalo.

Com o resultado, o Palmeiras vai a 26 pontos, ultrapassa o adversário deste domingo e sobe para a quinta posição. Já o Sport, que tinha vencido sete de seus últimos oito jogos, estaciona nos 24 pontos e cai para o sexto lugar. Além disso, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo tinha triunfado – e sem sofrer gols – em sues últimos quatro compromissos oficiais como mandante.

O time alviverde conseguiu o importante resultado fora de casa, apesar de uma série de desfalques:  o lesionado Willian, os suspensos Tchê Tchê, Michel Bastos, Dudu e Borja e os poupados Guerra e Felipe Melo. Além disso, Arouca, Thiago Martins, Moisés e Fabiano também não jogaram. Em meio às baixas, houve uma estreia: o atacante Deyverson foi titular e teve uma atuação de pouco brilho. Do lado dos mandantes, os machucados Magrão, Osvaldo, Neris e Anselmo ficaram de fora.

Pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Sport visitará o Bahia na Fonte Nova, no domingo, às 16h (de Brasília). Um dia antes, o Palmeiras receberá o Avaí no Allianz Parque, às 19h.

Antes, as duas equipes irão a campo por outras competições. O time pernambucano enfrentará o Arsenal na Argentina, às 19h15 de quinta-feira, pela Sul-Americana – no confronto de ida da segunda fase, os rubro-negros triunfaram por 2 a 0. Na quarta, o Palmeiras visitará o Cruzeiro pela volta das quartas de final da Copa do Brasil – no primeiro duelo, houve empate por 3 a 3 em São Paulo.

Bruno Henrique do céu

Os visitantes tomaram a iniciativa e assustaram logo aos 3min, com Jean recebendo de Bruno Henrique e concluindo na rede pelo lado de fora. Dois minutos depois, Egídio quase fez um gol olímpico. Aos 10min, Jean dominaria na área após furada de Deyverson e mandou longe do alvo.

Com o tempo, o Sport conseguiu ficar mais com a bola e diminuir o domínio palmeirense e buscava incomodar sobretudo com a movimentação de Everton Felipe. Aos 20min, Ronaldo Alves assustou com um cabeceio, com desvio, após saída ruim de Jaílson. Cinco minutos mais tarde, Diego Souza cabeceou sobre o alvo e ficou com um sangramento no nariz devido a um choque em Luan.

Apesar do crescimento da equipe da casa, os paulistas abririam o placar aos 33min. Depois de cobrança de escanteio fechada, Bruno Henrique escorou de cabeça antes do primeiro pau e acabou encobrindo o goleiro Agenor.

Aos 36min, Diego Souza aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou sobre o alvo, com perigo. Os mandantes até saíram em busca do empate antes do intervalo, mas não tiveram sucesso e ainda viram o prejuízo aumentar. Aos 47min, Bruno Henrique desarmou e descolou um excelente lançamento para Keno, que dominou bem e, de frente para o alvo, só tirou de Agenor.

Leão tenta, mas Porco segura

Na volta para a etapa final, o Sport se lançou ao ataque. Aos 5min, André cabeceou em cima de Jaílson. Aos 14min, Diego Souza cobrou falta da entrada da área no travessão; no rebote, André concluiu de cabeça sobre o alvo.

O cenário foi o mesmo até o apito final, com os donos da casa indo para cima, enquanto o time alviverde se defendia com muita eficiência. Além disso, os comandados de Cuca ainda quase marcaram o terceiro aos 30min, mas Keno parou em duas defesas espetaculares de Agenor. Aos 38min, Thomás aproveitou sobra na área, chutou forte e mandou perto da meta. Já nos acréscimos, André soltou a pancada e assustou Jaílson. Neste panorama, o Palmeiras conseguiu manter o placar de 2 a 0 até o apito final e ultrapassar o adversário na classificação.

 

Comentários

comentários