Por causa de plágio, empresas chinesas são ordenadas a ressarcirem Disney e Pixar

Foto: Divulgação/Disney

Duas empresas chinesas que copiaram partes dos filmes “carros” e “Carros 2”,  terão que pagar uma indenização de quase 200 mil dólares à Walt Disney e à Pixar, a ordem partiu de um tribunal de Xangai.  A informação foi divulgada pela agência de notícias oficial Xinhua.

Em ações que reclamam de infrações disseminadas ao princípio da propriedade intelectual no país, essa foi a decisão mais recente favorecendo empresas estrangeiras relacionadas aos direitos autorais na China.

A Disney e a Pixar processaram empresas chinesas dizendo que os personagens, as falas e pôsteres da animação local “The Autobots” eram substancialmente similares às encontradas em “Carros” e “Carros 2”.

O tribunal concordou que os personagens K1 e K2 de “Autobots” eram similares aos personagens Relâmpago McQueen e Francesco Bernoulli, informou a Xinhua.

O tribunal ordenou que os plágios cessem imediatamente, e afirmou que a Disney e a Pixar devem receber 1 milhão de iuanes para cobrar perdas econômicas, além de 350 mil iuanes pelas despesas legais.

A Xinhua afirmou que a indenização total será maior do que 1,35 milhão de iuanes, mas não listou quais outros pagamentos foram feitos.

Recentemente, a montadora BMW e o ex-jogador de basquete Michael Jordan também venceram processos relativos à propriedade intelectual na China.

Comentários