Policial que matou empresário é indiciado por homicído doloso em Campo Grande

A Polícia Civil concluiu o inquérito que envolve o PRF que atirou contra uma caminhonete e matou o empresário Adriano Correia do Nascimento (33), no dia 31 de dezembro do ano passado, em Campo Grande. O autor foi indiciado por por homicídio doloso, com intenção de matar.

O policial alegou legítima defesa (Foto: Lúcio Borges)

Ricardo Hyun Sun Moon (47) vai responder tembém por duas tentativas de homicídio. O relatório do inquérito já foi entregue ao Ministério Público Estadual, que vai decidir agora se pelo oferecimento ou não da denúncia à Justiça.

A Delegada Daniella Kades de Oliveira Garcia fará nesta terça-feira (17), uma coletiva de imprensa onde serão fornecidos dados e esclarecimentos sobre o caso. A entrevista ocorre às 8h30.

A coletiva de imprensa acontece no auditório da Academia da Polícia Civil – ACADEPOL, situada na Rua Delegado Osmar de Camargo, S/N.

Comentários