Policiais são chamados para conter bagunça em festa e são alvos de garrafadas

Uma equipe da Polícia Militar de Maracaju foi agredida durante abordagem em uma festa que acontecia na cidade na madrugada de quinta-feira (21). Populares arremessaram garrafas nas viaturas e nos militares e um deles chegou levar seis pontos na cabeça por conta dos ferimentos.
Policial precisou levar seis pontos na cabeça - Foto: Divulgação
Policial precisou levar seis pontos na cabeça – Foto: Divulgação

De acordo com o Midiamax, o caso aconteceu por volta das 2h, quando a guarnição foi acionada para averiguar a situação em uma festa. No local, estavam vários veículos com som alto, estacionados em local proibido e um grupo de pessoas ingerindo bebidas alcoólicas.

Os policiais começaram a realizar abordagens no local, entre elas de um rapaz de 19 anos. No momento em que os militares solicitaram os documentos do jovem, ele passou a ‘debochar’ e ofender a guarnição: “Não vou pegar meus documentos seus m*****, me faça pegar”.

Desconfiando da atitude do rapaz, os policiais deram ordem para o suspeito colocar as mãos nas paredes, para ser feita busca pessoal. O jovem se negou a obedecer aos militares, recebeu voz de prisão por desacato, desobediência e resistência, e no momento que seria detido fugiu a pé.

Ele foi perseguido pelos policiais e capturado, mas começou a se debater e chegou a tentar pegar a arma de um dos policiais. Ainda segundo o boletim de ocorrência, o rapaz passou a inflamar o grupo que estava no local, pedindo para que não deixassem que os militares o levassem.

O rapaz foi imobilizado, mas conseguiu se soltar mesmo com os policiais usado spray de pimenta para contê-lo. O homem fugiu correndo e as pessoas que estavam no local começaram as agressões, jogando garrafas de vidro contra as guarnições e as viaturas, que ficaram danificadas.

Para tentar conter a aglomeração de pessoas, os militares chegaram efetuar tiros de borracha. Um deles acertou as costas do suspeito, que foi capturado e novamente reagiu a prisão. Neste momento, um dos policiais foi atingido por duas garrafas de vidro na cabeça. Novos disparos foram realizados para dispensar a multidão que cercavam as viaturas com garrafas de cerveja, chutes e pedaços de madeira.

Todos os policiais e também o suspeito foram encaminhados para o Hospital Soriano Correia. Um dos militares levou seis pontos em um corte na cabeça, e os outros sofreram luxação nas mãos, dedos e cortes na cabeça. Já o jovem de 19 anos teve uma lesão nas costas em virtude do disparo de borracha, ele foi ouvido na delegacia e liberado.

As viaturas tiveram o capô e as portas amassadas e o giroflex e as janelas quebradas. O caso foi registrado como resistência e desacato na Delegacia de Polícia Civil de Maracaju.

Comentários

comentários