Policiais são agredidos com chutes e socos por jovem durante revista

Vinícius Ademetrio dos Santos Alves, de 20 anos, foi preso por volta das 19h45 de ontem  (21) no bairro Vespasiano Martins, em Campo Grande, após agredir dois policiais militares durante uma abordagem.

Ele agrediu com socos e chutes a tenente Danielle Perete de Freitas Neves, de 28 anos, e o soldado Everton Silva Marciliano, de 28.

22agredide

De acordo com o boletim de ocorrência, a guarnição fazia rondas pelo bairro quando avistaram duas pessoas na esquina da rua Oswaldo de Figueiredo. Ao notarem a presença dos agentes, elas tentaram fugir. Vinícius, no entanto, voltou ao receber ordem de parar.

O soldado desceu da viatura e começou uma revista no jovem. De repente, ele começou a desferir chutes e socos contra o policial. Além disso, ele gritou e xingou o militar afirmando que não deveriam segura-lo ou tocá-lo.

Diante da situação, a tenente mandou que o autor fosse imobilizado. Ele resistiu à prisão e foi necessário o uso de algemas. Ao ser levado para a viatura, cerca de 30 moradores cercaram e ameaçaram os policiais para que eles soltassem Vinícius.

As pessoas alegavam que o autor seria portador de necessidades especiais. O padrasto do jovem, Valci da Silva Victor, e a mãe, Cleunice dos Anjos dos Santos Victor, foram ao local e pediram para a guarnição soltar o rapaz, além de prometerem que ele não sairia de casa desacompanhado.

Ao liberá-lo, porém, ele desferiu um chute e um soco contra o abdômen da tenente. Os pais do autor o imobilizaram. A guarnição então o levou até a delegacia, mas com o acompanhamento dos responsáveis.

Devido à ameaças durante o percurso, os policias precisaram algemar o autor quando chegaram à delegacia.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga como lesão corporal dolosa, desacato, desobediência e resistência.

Comentários

comentários