Policiais rodoviários federais de MS aderem à greve reclamando de defasagem salarial

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso do Sul rejeitaram a proposta do governo federal e decidiram pela greve, segundo nota divulgada pelo sindicato que representa a categoria. A decisão foi unanimidade em assembleia na terça-feira (22), conforme o Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do estado (SINPRF/MS).

PRF entra em greve em MS (Foto: PRF/ Divulgação)
PRF entra em greve em MS (Foto: PRF/ Divulgação)

Na segunda-feira (21), o MPOG (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão) apresentou A CATEGORIA a mesma proposta feita no início da campanha salarial dos servidores. Os 27,9% de aumento parcelado em quatro anos.

A categoria afirma que a proposta de reajuste não compensaria nem as perdas inflacionárias do período. Outro ponto de insatisfação da categoria é que as demandas da reestruturação da carreira foram adiadas mais uma vez.

Os policiais estão em estado de greve a partir desta quarta-feira (23), segundo a assessoria do sindicato, o que siginifica que vão continuar cumprindo a carga horária de serviço até que a greve seja deflagrada. Para começo de janeiro de 2016 está prevista uma reunião nacional com os representantes dos sindicatos de cada estado para decidir quais ações serão realizadas durante a greve.

Comentários

comentários